Instituto do Radium Campinas terá lipo com aplicação de ultrassom PDF Imprimir E-mail
Escrito por Adelaine Cruz   
Sex, 01 de Junho de 2012 16:08

vaser ilustracaoTécnica realizada com equipamento importado e liberado pela Anvisa é menos invasiva que a convencional e possibilita a recuperação mais rápida do paciente.


Uma técnica que tem revolucionado a lipoaspiração foi liberada recentemente pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e em breve estará disponível em Campinas. O Instituto do Radium será o primeiro do Interior do Estado de São Paulo a contar com o Vaser Lipo, aparelho fabricado nos Estados Unidos e importado pela Med Systems, que possibilita a realização da lipo com aplicação de ultrassom. A técnica – praticada naquele país desde 2006 e na Inglaterra há três anos – possibilita uma série de benefícios em relação ao método convencional, pois é menos invasiva e permite a retirada da gordura de forma mais fácil, com menos dor e baixos índices de traumas.
Consequentemente, a recuperação do paciente é mais rápida que na técnica convencional. Além disso, há menos riscos durante o procedimento porque a gordura a ser retirada, exposta às ondas do ultrassom, fica mais liquefeita, não sendo necessário empregar muita força ao manusear a cânula utilizada para a sucção da gordura.
A técnica, que pode ser realizada com anestesia local, se distingue das lipos com aplicações de laser, que também dissolvem a gordura localizada do corpo, porque o ultrassom é um procedimento seletivo, isto é, ele age somente na gordura e evita a queima de tecidos e vasos durante a cirurgia.
O cirurgião plástico campineiro Maurino Joffily Neto será o responsável pelas cirurgias no Radium, que deverão ser adotadas até o final de maio deste ano. Como é necessário que o profissional seja certificado para realizar a nova técnica, ele fez especialização com o conceituado médico Hicham Mouallem, treinador oficial do método. Joffily Neto já realizou mais de 300 procedimentos de Vaser Lipo em Londres, onde mora desde 2006. Ele também atua no Radium há cinco anos, realizando todos os tipos de procedimentos reparadores e estéticos.
“A lipoaspiração ultrassônica é um procedimento minimamente invasivo de contorno corporal que emprega forças acústicas e mecânicas para emulsificar a gordura, enquanto preserva outros tecidos importantes, como vasos, nervos e tecidos conectivos. A sua seletividade é o grande diferencial, reduzindo substancialmente o trauma cirúrgico e, consequentemente, o edema, aumentando assim a eficiência e a segurança da lipoaspiração”, explica Joffily Neto. “Outra importante vantagem é a retração da pele, o que acelera a sua acomodação, reduzindo a flacidez. Isso ocorre graças às ondas do ultrassom que estimulam a formação de colágeno no local”, destaca.
O equipamento utilizado tem cinco cânulas de dimensões variadas que podem conter entre um a três aneis, por onde são emitidas as ondas ultrassônicas. Isso possibilita empregar o material mais adequado a casa caso. Por exemplo, em uma região com fibrose o ideal é utilizar xxxxx, já numa área maior de gordura xxxxx .
Ainda segundo o especialista, como o procedimento possibilita maior segurança, mais pessoas também podem ser submetidas a ele. “A indicação para uma lipoaspiração deve ser precisa, ou seja, deve sempre ser vista como uma técnica de remoção de gordura, e não de emagrecimento. A técnica permite cirurgias com pouca perda de sangue e um trauma cirúrgico bem menor, o que possibilita o retorno às atividades, como trabalho e até mesmo esporte, mais rapidamente que nas lipos convencionais”, afirma.


Lipoaspiração
Trata-se de uma cirurgia de remoção da gordura localizada que pode ser realizada com anestesia geral, local ou peridural. Por meio de pequenas incisões na zona a ser tratada é inserida uma cânula fina no subcutâneo, ligada a um aparelho de vácuo que permite aspirar a gordura em excesso, sem promover a remoção da pele do local.


Ultrassom
A energia ultrassônica voltada à saúde tem sido empregada há muitos anos, tanto na odontologia, na neurocirurgia, na gastroenterologia, na ginecologia e na radiologia, entre outras. A sua aplicação no contorno corporal teve inicio no final dos anos 90 e ganhou efetivamente espaço a partir de 2002, quando estudos modernos evidenciaram a sua eficácia e mecanismos de ação.

Instituto do Radium de Campinas
O Instituto do Radium, fundado em 1946 em Campinas, é referência em serviços médicos oncológicos. Desde xxxxx conta com uma unidade em São João da Boa Vista, Interior de São Paulo. Por sua missão em prol da promoção da saúde e da qualidade de vida, o Instituto criou o Grupo Radium Saúde a fim de oferecer em sua estrutura serviços diferenciados dentre os quais o seu moderno Day Hospital, as unidades de Check-up, Radioterapia, Quimioterapia, Urologia e Check-up Oncológico Masculino, Exames de imagem e Cardiologia.
O corpo clínico do Radium é composto por médicos especialistas titulados pelas Sociedades de Especialidades, que mantém vínculos permanentes com o meio acadêmico, mantendo-se em constante atualização quanto aos procedimentos e conceitos de sua área de atuação.
Aliado à excelência e experiência de seu corpo clínico, o Instituto do Radium de Campinas disponibiliza equipamentos de última geração para atender ao mais alto padrão profissional com rapidez e precisão em avaliações clínicas e diagnósticas, tratamentos e procedimentos preventivos.

Serviço:
Instituto do Radium
www.radium.com.br

Campinas-SP
Av. Heitor Penteado, 1780, Taquaral
Telefone: (19) 3753-4100 / 3254-9199

São João da Boa Vista-SP
R. Coronel Ernesto de Oliveira, 604, Vila Conrado
Telefone: (19) 3631.6353

Informações para imprensa: Central de Comunicação
Jornalista responsável: Adelaine Cruz
Atendimento: Maria Isabel Hossri
Fones: (19) 3252.8640 / 3255.8241/ 7851.2631/ 80*43800/ 7851.2632/ 80*43799
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
www.centraldecomunicacao.jor.br